Feliz 2010 Para Todos!

05:14 Edit This 0 Comments »
Feliz Ano Novo

Homenagem Póstuma a Nossa Mãe.

05:02 Edit This 1 Comment »
“Minha Mãe, quanta saudade,
A sua ausência deixou,
Vivo bem mais perto dela,
Depois que Deus a levou...”

Custo a acreditar que já não a tenho. E lembrar que até bem pouco tempo eu pegava, acariciava a mãozinha frágil, debilitada. Os dedos já não tinham forças para entrelaçar outros dedos. Seu olhar, às vezes fixos num ponto qualquer, outras vezes, semi-fechado. E tão bonita!
Esteve muito doente e mesmo tendo emagrecido assustadoramente, ainda conservava traços de beleza. Quase uma Nossa Senhora! Agora descansa junto ao Criador.
Fica em paz querida mãe, guardarei dentro de mim a lembrança do seu sorriso e onde quer que esteja, veja que já não estou mais me sentindo sozinha.
Primeiro Natal sem a senhora! Não gostava de festas. Mais uma vez, tropecei nas emoções. Estendi a mão à procura da sua, como se fosse uma menininha. Eu, que estive o tempo todo ao seu lado, já não podia tocá-la.
Mãe querida... saudade doída...
Entenda que seu lugar agora é no fundo do meu coração. E é lá que deve ficar até o dia em que O Pai determinar que vá ao seu encontro. Enquanto isso querida, será só “SAUDADE” (nome que dei ao sentimento de carinho que se fundiu ao pesar pela falta que a senhora me faz).
Descanse em paz, sabendo que jamais será esquecida. Por que mesmo distante se faz presente? Deixe que fique esse laço invisível entre nós, só não puxe! Preciso preencher sozinha este vazio que fica, toda vez que em si penso.
E por todo esse amor, ofereço-lhe uma oração...
Sua benção! E que Deus a abençoe também...
A: Ligia e Guita.

Bendita Lagrima

14:40 Posted In Edit This 0 Comments »
Bendita a lagrima em que se cristaliza o acervo atroz de nossas dores e que dilui o negro fel de nossas mágoas.
Bendita a lagrima a cuja tona flutuam farrapos sombrios de sonhos dourados e em cujo fundo vagueiam espectros tristonhos de esperanças mortas.
Bendita a lágrima dos que carpem a desdita de nascerem sem teto e choram a desgraça de viverem sem pão.
Bendita a lagrima dos que jamais conheceram um afeto de mãe e nunca provaram um carinho de esposa.
Bendita a lagrima, desafogo amigo dos que são sós e consolo ardente dos que são tristes.
Bendita a lagrima dos que põe nos ombros a cruz de seu próximo e o ajudam a escalar o calvário da existência.
Bendita a lagrima dos que buscam, errantes, o calor de um afeto e somente encontram o frio de desprezo.
Bendita a lagrima dos que sofrem injustiças pelos ideais que defendem e só colhem ingratidões pelo bem que semeiam.
Bendita a lagrima que erige no cérebro um templo á Verdade e converte o coração num sacrário de Amor.
Bendita a lagrima que aflora, escaldante, nas noites do sofrimento e esplende como um sol nas manhãs da redenção.
Bendita, enfim, a lagrima, gotas de luz das auroras celestes e síntese terrena do orvalho divino.
A: Rubens C. Romanelli.

TUDO DE BOM EM 2010...

16:43 Edit This 2 Comments »
mensagens em flash



Perto

12:21 Posted In Edit This 0 Comments »
Quem me dera sentir-te
Assim perto,
Agora que estou só,
No meu deserto,
Só vejo e piso areia,
Não existem sombras,
Nem meu coração
Consigo ouvir.
Gostaria de ter-te
Neste instante,
Aqui...
A: Ligia.